O que é streaming?

Escrito na categoria "Como usar a Internet" por André M. Coelho.

Os primeiros sites eram páginas simples de texto com talvez uma ou duas imagens. Hoje, porém, qualquer pessoa com uma conexão de Internet rápida pode transmitir filmes em alta definição ou fazer uma chamada de vídeo pela Internet. Isso é possível devido a uma tecnologia chamada streaming.

O que é um streaming

Streaming é a transmissão contínua de arquivos de áudio ou vídeo de um servidor para um cliente. Em termos mais simples, streaming é o que acontece quando os consumidores assistem TV ou ouvem podcasts em dispositivos conectados à Internet. Com o streaming, o arquivo de mídia reproduzido no dispositivo cliente é armazenado remotamente e é transmitido alguns segundos por vez pela Internet.

Qual a diferença entre streaming e download?

O streaming é em tempo real e é mais eficiente do que baixar arquivos de mídia. Se um arquivo de vídeo for baixado, uma cópia de todo o arquivo será salva no disco rígido do dispositivo e o vídeo não poderá ser reproduzido até que o download do arquivo inteiro seja concluído. Se for transmitido, o navegador reproduz o vídeo sem realmente copiá-lo e salvá-lo. O vídeo carrega um pouco de cada vez em vez de carregar o arquivo inteiro de uma vez, e as informações que o navegador carrega não são salvas localmente.

Pense na diferença entre um lago e um riacho: ambos contêm água, e um riacho pode conter tanta água quanto um lago; a diferença é que, com um riacho, a água não está toda no mesmo lugar ao mesmo tempo. Um arquivo de vídeo baixado é mais parecido com um lago, pois ocupa muito espaço no disco rígido (e leva muito tempo para mover um lago). O streaming de vídeo é mais parecido com um stream ou um rio, pois os dados do vídeo fluem continuamente e rapidamente para o navegador do usuário.

Como funciona a tecnologia streaming?

Assim como outros dados enviados pela Internet, os dados de áudio e vídeo são divididos em pacotes de dados. Cada pacote contém uma pequena parte do arquivo, e um reprodutor de áudio ou vídeo no navegador do dispositivo cliente pega o fluxo de pacotes de dados e os interpreta como vídeo ou áudio.

O envio de vídeo pela Internet, ao contrário do envio de texto e imagens estáticas, requer um método de transporte de dados mais rápido do que o TCP / IP, que prioriza a confiabilidade em relação à velocidade.

Como o User Datagram Protocol (UDP) melhora streaming digital?

UDP é um protocolo de transporte, o que significa que é usado para mover pacotes de dados entre redes. O UDP é usado com o protocolo da Internet (IP) e, juntos, são chamados de UDP / IP. Ao contrário do TCP, o UDP não envia mensagens de um lado para outro para abrir uma conexão antes de transmitir os dados e não garante que todos os pacotes de dados cheguem e estejam em ordem. Como resultado, a transmissão de dados não leva tanto tempo quanto via TCP e, embora alguns pacotes sejam perdidos ao longo do caminho, há tantos pacotes de dados envolvidos na manutenção de um fluxo que o usuário não deve notar os perdidos.

Grande parte da Internet usa TCP ou Protocolo de Controle de Transmissão. Este protocolo de transporte envolve uma confirmação cuidadosa de ida e volta para abrir uma conexão. Quando a conexão é aberta e os dois dispositivos de comunicação estão enviando pacotes de um lado para outro, o TCP garante que a transmissão seja confiável, que todos os pacotes cheguem em ordem.

Para streaming, a velocidade é muito mais importante do que a confiabilidade. Por exemplo, se alguém está assistindo a um episódio de um programa de TV online, nem todos os pixels precisam estar presentes em todos os quadros do episódio. O usuário prefere que o episódio seja reproduzido na velocidade normal do que sentar e esperar que cada bit de dados seja entregue. Portanto, alguns pacotes de dados perdidos não são uma grande preocupação, e é por isso que o streaming usa UDP.

Se o TCP é como um serviço de entrega de pacotes que exige que o destinatário assine o pacote, então o UDP é como um serviço de entrega que deixa os pacotes na varanda da frente sem bater na porta para obter uma assinatura. O serviço de entrega TCP perde menos pacotes, mas o serviço de entrega UDP é mais rápido, porque os pacotes podem ser descartados mesmo que ninguém esteja em casa para assiná-los.

Streaming na internet

Streamings são serviços que usam a internet para transmitir sons e imagens para seus clientes. (Imagem: Impact Publications)

O que é buffer nos serviços de streaming?

Os reprodutores de mídia de streaming carregam alguns segundos do stream antes do tempo, para que o vídeo ou áudio possa continuar a ser reproduzido se a conexão for interrompida brevemente. Isso é conhecido como buffer. O armazenamento em buffer garante que os vídeos possam ser reproduzidos de maneira uniforme e contínua. No entanto, em conexões lentas ou se uma rede tiver muita latência, um vídeo pode demorar muito para armazenar em buffer.

Streaming lento, o que pode ser?

No lado da rede:

Latência de rede: uma variedade de fatores afetam a latência, incluindo onde o conteúdo que os usuários estão tentando acessar está armazenado.

Congestionamento da rede: se muitos dados forem enviados pela rede, isso pode degradar o desempenho do streaming.

Do lado do usuário:

Problemas de WiFi: reiniciar o roteador LAN ou mudar para Ethernet em vez de WiFi pode ajudar a melhorar o desempenho de streaming.

Dispositivos clientes de desempenho lento: reproduzir vídeos requer uma boa quantidade de energia de processamento. Se o dispositivo de streaming de vídeo tiver muitos outros processos em execução ou for lento em geral, o desempenho de streaming pode ser afetado.

Largura de banda insuficiente: para streaming de vídeo, as redes domésticas precisam de cerca de 4 Mbps de largura de banda; para vídeo de alta definição, eles provavelmente precisarão de mais.

Como deixar o streaming mais rápido?

O streaming está sujeito aos mesmos tipos de atrasos e degradações de desempenho de outros tipos de conteúdo da web. Como o conteúdo transmitido é armazenado em outro lugar, o local de hospedagem faz uma grande diferença, como é o caso de qualquer tipo de conteúdo acessado pela Internet. Se um usuário em São Paulo está tentando transmitir de um servidor Netflix nos EUA, o conteúdo do vídeo terá que cruzar vários quilômetros para chegar ao usuário, e o vídeo terá que passar muito tempo armazenando em buffer ou pode nem mesmo ser reproduzido em absoluto. Por esse motivo, a Netflix e outros provedores de streaming fazem uso extensivo de redes de entrega de conteúdo distribuído (CDN), que armazenam conteúdo em locais ao redor do mundo muito mais próximos dos usuários.

Os CDNs têm um grande impacto positivo no desempenho de streaming. O Cloudflare Stream Delivery aproveita o Cloudflare CDN para armazenar conteúdo de vídeo em todos os data centers da Cloudflare em todo o mundo; o resultado é a latência reduzida para tempos curtos de inicialização de vídeo e armazenamento em buffer reduzido.

Quais são os serviços de streaming?

Já se foi o tempo em que o entretenimento doméstico limitava suas opções a uma cara assinatura de cabo, antena satélite, aluguel de filmes em DVD, e a compra de caros CDs de seus artistas. Com um serviço de streaming, você pode assistir suas redes de TV favoritas, filmes de grande sucesso, canais locais e esportes ao vivo. Isso sem contar o acesso a uma grande biblioteca de músicas nos serviços de streaming de áudio.

Os principais serviços de streaming de video hoje são:

Os principais streamings de música são:

Conhece outros serviços de streaming? Quais? Compartilhem conosco nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

No final da década de 90, André começou a lidar diretamente com tecnologia ao comprar seu primeiro computador. Foi um dos primeiros a ter acesso à internet em sua escola. Desde então, passou a usar a internet e a tecnologia para estudar, jogar, e se informar, desde 2012 compartilhando neste site tudo o que aprendeu.

Deixe um comentário