É o maior, mais complexo e, provavelmente, o papel mais importante que você tenha escrito desde o jardim de infância. Agora você está na mira daquele título de mestrado para buscar um futuro acadêmico e crescer no mercado de trabalho. Tudo o que resta é escrever uma dissertação. E como fazer isso? Seguindo alguns passos universais para isso.

Seja original

Pesquise sobre o seu tema. Veja o que as pessoas já falaram sobre o mesmo assunto, em mais de uma língua. Você vai descobrir que muitas pessoas já falaram o que você quer escrever sobre. Você pode querer mudar de ideia ou falar sobre o mesmo assunto mas com uma outra ótica. Seja qual for sua escolha, você precisa fazer algo que ninguém tenha feito antes.

Trabalhe com o seu orientador (ou futuro orientador)

Decida com qual frequência seus rascunhos serão lidos, ter encontros e criticar o seu progresso. Não se acanhe em pedir o tipo de feedback que você quer, se você quer sessões frequentes ou ser deixado sozinho. Peça sinceridade e esteja preparado pra receber críticas construtivas sobre seu desempenho.

Use seu comitê de avaliação

Enquanto alguns estudantes podem não ter qualquer contato com eles após a defesa proposta até a apresentação final, muitas vezes é útil envolvê-los em seu progresso enquanto você escreve sua dissertação. Eles podem até ter sugestões se você bater em um obstáculo em sua escrita ou na pesquisa.

Projeto de mestrado

Tenha certeza de que os livros serão seus melhores amigos durante seus estudos no mestrado. (Foto: resumododia.com)

Entenda que uma dissertação é projetada para suportar uma teoria ou hipótese

E a comissão de doutores estará olhando para o seu papel para ser original e substantiva. A chave é o pensamento crítico, e não os dados de experimentos, por isso, enquanto os fatos são importantes, é mais crucial mostrar como você usa esses fatos para sustentar sua tese.

Escreva sua dissertação bem

Só porque uma tese é supostamente longa não lhe dá a desculpa para divagar. Sua gramática deve ser perfeita, suas frases bem construídas e a terminologia clara. E todo o trabalho precisa ser lógico.

Seja flexível

Você não seria o primeiro aluno a mudar temas de dissertação depois de ter começado. Mantenha o seu orientador e a comissão informados, mas saiba que a maioria das pessoas não ficar exatamente preso com o cronograma que eles apresentados. Você pode ser capaz de deixar certas partes do seu plano original, adicionar outros e escrever uma dissertação melhor por causa disso.

Planeje seu tempo

Defina um calendário e cumpra-o. Você sabe que se você trabalha melhor na parte da manhã ou à noite. Bloqueie o tempo que você tem e precisa trabalhar em sua dissertação. Estabeleça metas, como escrever um número X de páginas ou trabalhe por um determinado período de tempo. Diga não para os outros quando eles ameaçam levá-lo longe de seu trabalho. Além disso, encontre um lugar onde você pode fazer o seu melhor trabalho. Sua casa pode ser muito perturbadora, mas você pode achar que é mais relaxante do que a biblioteca.

Cuide-se

A dissertação é uma grande empreitada, e ao mesmo tempo é fácil deixá-la deslizar por causa de outras questões prementes em sua vida, portanto, não queime-se tentando fazer tudo de uma vez. Sono, relaxamento e uma vida social são tão importantes quanto seu mestrado.

Estudos em grupo

Um grupo de estudos pode ser um grande suporte durante seu projeto de mestrado, ajudando a enriquecer seus estudos e sua dissertação. (Foto: www.unilab.edu.br)

Use muitas fontes

O interessante de um trabalho científico é ser capaz de defendê-lo sob o ataque de outros pensamentos. Dito isto, um projeto de mestrado só é válido quando você consegue se defender do ataque de quem critica sua linha de pensamento. Assim sendo, quanto mais fontes você usar, mais defesas terá de fazer e mais fortes ficarão seus argumentos.

Observações importantes

Olhe para a ajuda financeira que possa dar-lhe mais tempo livre em vez de trabalhar em um ou mais postos de trabalho. Sua escola pode ajudá-lo a encontrar os recursos disponíveis. Mas resista jogar conversa fora em vez de usar esse tempo extra para escrever sua dissertação.

Confira dissertações escritas por outras pessoas em seu departamento e peça para eles te ajudarem na sua, assim como você ajuda eles. Isso pode lhe dar boas idéias sobre como estruturar o seu papel e o que o comitê/banca avaliadora pode gostar.

Se você estudar em casa, não use uma mesa em seu quarto: muitos especialistas dizem que pode prejudicar suas chances de uma boa noite de sono.

Fique longe de piadas, trocadilhos ou qualquer coisa que você possa considerar alívio cômico enquanto você escreve sua dissertação: sua banca avaliadora e seu orientador podem não achar tão divertido.

6 comentários para “Como fazer um projeto de mestrado?”

  1. Rose Meire O Meira

    Foram positivas as informações e recomendações sobre como escrever o Projeto de Mestrado, a seleção do tema, a pesquisa, a bibliografia e como utilizar o tempo sem prejudicar a vida pessoal. Gostei, muito obrigada.

    Responder
    • Equipe Palpite Digital

      Disponha! Tem mais algum tema que você gostaria que escrevêssemos aqui?

      Responder
  2. Carlos Roberto Ferreira

    Sou Bacharel em Direito. Tenho que entregar um pré-projeto para Mestrado, até o dia 05 de Fevereiro/2016. Gostaria de uma pessoa para orientação presencial. Agradeço.

    Responder
  3. Débora Correia

    Muito boa as dicas!
    Posso fazer o mestrado em cima de uma revisão integrativa de literatura?

    Responder
    • Equipe Palpite Digital

      Débora, tem que ver com um orientador, pesquisando se o tema é realmente inovador, ou se mais pessoas já trataram do tema antes.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)