Como jogar Minecraft online?

Em Softwares, apps e produtos por André M. Coelho

Os videogames têm sido uma tradição para sempre divertida do primeiro dia, oferecendo inúmeros títulos para crianças (e famílias) se perderem por horas a fio. E Minecraft certamente fez sua marca – desde a sua liberação inicial do PC, agora está mais disponível do que nunca, online e em diferentes consoles, incluindo Playstation, Nintendo e Xbox, além de dispositivos móveis.

Enquanto até mesmo o jogo básico oferece cargas de entretenimento – digamos, brincar solo com a versão básica – essa expansão, o poder de mods, e um número crescente de opções para jogar Minecraft com amigos certamente chutou as coisas.

De simplesmente brincar com os outros sob o mesmo telhado, para se conectar com amigos que vivem em todo o país e até internacionalmente, há algumas maneiras diferentes de desfrutar da sempre popular aventura de sandbox – e cada experiência multiplayer oferece seus próprios benefícios exclusivos.

Precisa de um pouco mais de informações sobre o jogo antes de saltar? Aqui estão alguns recursos úteis de Minecraft para os pais que ajudarão a des-misturar o mundo dos dragões com mods!

Como jogar minecraft online?

Para jogar Minecraft com amigos, as crianças podem escolher de configurar uma LAN, criando um servidor Minecraft privado, jogando Minecraft reinos, ou mesmo apenas dividindo a tela em seu console favorito. Não é difícil, e você só precisa seguir alguns passos básicos para se divertir com seus amigos online no Minecraft.

Minecraft para jogar online

Minecraft Online permite jogar com os amigos e se divertir por muitas horas no universo do jogo. (Imagem: Minecraft)

Minecraft Bedrock Edition

Uma nota rápida: ao olhar em maneiras de jogar Minecraft com os amigos, é importante notar que as edições Java e Bedrock do jogo oferecerão diferentes opções. E embora haja certamente sobreposição entre os dois, é útil saber o que seu filho está trabalhando com uma orientação precisa!

Por um lado, a Minecraft Java Edition é compatível com Mac, Linux e PC, portanto, funciona para conectar com amigos usando computadores. Quando se trata de fazer Mods de Minecraft, que requer Java, não será uma surpresa que a edição Java seja mais fácil de usar.

A versão Minecraft Bedrock é compatível com consoles, e é perfeita se as crianças quiserem jogar usando produtos Nintendo ou Xbox.

Tanto as versões de Bedrock quanto Java do jogo oferecem maneiras de se conectar via reinos e servidores privados (mais sobre isso mais tarde!)

Então, você deve usar Bedrock ou Java enquanto joga Minecraft? A resposta é: depende! Parte da beleza deste jogo reside com as maneiras ilimitadas, pode ser personalizada para diferentes preferências dos jogadores.

Observe que essas instruções se destinam a ser realizadas pelos pais, e as crianças não devem tentar configurar LANs ou servidores privados sem orientação e / ou permissão dos pais.

Jogar Minecraft por LAN ou rede local com seu amigo

A LAN representa a rede local, e é uma ótima opção para jogar Minecraft com amigos quando as crianças têm companhia e todos estão conectados ao mesmo WiFi.

Para ir, você precisará de um computador host que seja poderoso o suficiente para executar o jogo enquanto também atua como o servidor para outros, o que pode ser difícil. Se você tiver um, a opção LAN se destaca como uma configuração relativamente rápida. Há um benefício adicional de segurança on-line – música para quaisquer ouvidos de qualquer pai, dado que o pool do jogador de jogo é limitada àquelas conectadas ao WiFi da casa.

Jogar um servidor Minecraft privado

“Servidor” pode ser uma palavra assustadora, especialmente quando você tem filhos se conectando a servidores públicos aleatórios cheios de estranhos e desconhecidos.

Ao configurar seu próprio servidor privado, porém, grande parte desse risco é mitigado, como você terá uma compreensão muito melhor em quem está se conectando e jogando nos mundos do seu filho.

Com isso dito, ainda estamos falando de endereços IP, então essas instruções são feitas para os pais que estão ajudando seus filhos com a configuração. Em outras palavras, as crianças não devem estar indo por nada disso sem permissão dos pais.

Por que é que? Configuração e execução de um servidor on-line significa que qualquer pessoa com seu endereço IP externo poderá participar do seu servidor e jogar no seu Mundo de Minecraft. Naturalmente, isso é algo para os adultos ficarem de olho.

Nessa nota, também é uma boa ideia manter uma lista de quem você e seus filhos estão convidando a jogar no servidor. Claro, a melhor maneira de garantir o jogo on-line é o mais seguro possível é convidar apenas aqueles que você conhece e confia.

Uma boa maneira de pensar sobre isso é: Você convidaria essas pessoas em sua casa fisicamente? Indo através deste tipo de processo de pensamento ajudará a reduzir surpresas e incertezas.

Em termos de começar, não vamos ficar muito técnicos aqui, como já detalhamos muito do que é necessário para configurar seu próprio servidor Minecraft, mas para resumir:

  1. Verifique se você tem a versão mais recente do Java
  2. Pegue os arquivos do servidor de Mojang
  3. Crie um arquivo em lotes para executar o servidor
  4. Concordar com o EULA (Contrato de Licença do Usuário Final)
  5. Inicie o servidor
  6. Junte-se ao seu servidor
  7. Encaminhar sua porta
  8. Encontre seu endereço externo
  9. Conecte os outros ao servidor
  10. Ajuste as configurações no arquivo Server.properties

Esta lista de ações pode parecer esmagadora para iniciantes; nunca tema! Se você não tem experiência nesta área, os comentários abaixo estão abertos para você e suas dúvidas.

Jogue no Minecraft Realms

Outra opção a considerar é o Minecraft Realms, que pode ser considerado como alugar um servidor Mojang para permitir que as crianças brincassem com seus amigos.

Enquanto semelhante a configurar seu próprio servidor, os reinos permitirem uma experiência muito mais fácil e talvez até mais segura. Por exemplo, em termos de configuração do console, os jogadores simplesmente precisam criar um mundo e, em seguida, clicar no botão “Criar” Realms para iniciar o processo direto.

Então, em termos de segurança, os reinos têm proteções integradas. A única maneira de os jogadores se conectarem a um mundo de reinos é via convite oficial, enquanto que com o servidor descrevemos acima, qualquer pessoa com o endereço IP pode entrar.

Então, se as crianças realmente querem brincar com amigos íntimos, o Realms são uma ótima opção.

Esses benefícios adicionais dos reinos vêm a um custo, no entanto; Eles exigem uma assinatura mensal básica para um máximo de 10 jogadores por mês (opções mais baratas estão disponíveis para menos jogadores).

Haverá também diferenças em termos da experiência de jogo. Por exemplo, de acordo com GamesRadar.com, os mundos em reinos vivem e estão acessíveis mesmo quando o criador está offline. Isso significa que alguém na lista de convidados pode entrar e sair em sua vontade, que, por um lado, pode ser visto como um benefício divertido.

Mas, por outro lado, para aqueles que querem jogar com mods e plugins, os reinos atualmente não suportam a capacidade de fazê-lo. (Conteúdo adicional, pacotes de textura, peles e mais podem ser encontrados com reinos Plus, embora.)

Você precisa de uma conexão com a internet para jogar Minecraft?

Ao jogar Minecraft no console, o recurso de tela dividida é uma ótima maneira de as crianças se juntarem offline, sem precisar de servidores (ou ter que jogar em reinos).

Esse recurso exibe uma exibição para até quatro jogadores diferentes de cada vez, mas a desvantagem é, é claro, os jogadores devem jogar com apenas o que está disponível em consoles e precisa compartilhar uma única tela.

E aí ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

No final da década de 90, André começou a lidar diretamente com tecnologia ao comprar seu primeiro computador. Foi um dos primeiros a ter acesso à internet em sua escola. Desde então, passou a usar a internet e a tecnologia para estudar, jogar, e se informar, desde 2012 compartilhando neste site tudo o que aprendeu.

Deixe um comentário