Se você apenas entrou em cena ou você está usando vídeos já há muito tempo, você precisa de um mapa que descreva o que é tudo isso, onde você está indo e como você avaliará o sucesso. Seu plano não precisa ser incrivelmente detalhado já que o desempenho de seus primeiros vídeos geralmente revelará algumas modificações necessárias, mas você deve ter uma boa ideia de como alinhará o conteúdo do vídeo com os objetivos da sua empresa.

Um plano sólido pode ser a diferença entre saber que seu conteúdo está fornecendo um retorno sobre o investimento ao invés de desperdiçar dinheiro e ver o que se encaixa melhor no seu projeto. Mas o que é o video marketing, afinal, e como fazê-lo da maneira correta?

O que é video marketing?

Em poucas palavras, video marketing é a promoção de uma marca, produto, ou serviço através de vídeos. Esse tipo de marketing cresceu nos últimos anos devido às plataformas de streaming que possibilitaram um acesso barato, rápido, e fácil para a divulgação de conteúdo em vídeo, outrora limitado apenas às emissoras de televisão. Para fazer o video marketing, não se pode apenas pegar os vídeos e começar a fazer de qualquer jeito. Por isso, vamos dar as dicas de criar boas práticas de video marketing para os melhores resultados.

Como fazer video marketing: começando pelo objetivo do conteúdo

Você deve começar sua estratégia de marketing de conteúdo com um resumo que inclua qual o tipo de conteúdo que você fará (vídeos educacionais, divertidos, práticos, etc), pois o tom da sua marca e as necessidades do público devem determinar sua abordagem aqui. O projeto também deve destacar exatamente para quem você está fazendo esse conteúdo: descrevendo sua demografia alvo com o máximo de detalhes possível.

O que o seu público deve tirar de seus vídeos deve ser bem estabelecido, dizendo qual o valor adicionado do seu conteúdo em particular e no que isso ajuda o público a fazer.

Para justificar vídeos que podem não estar relacionados ao seu produto, sua empresa precisa entender por que você está criando histórias de vídeo. O que você está tentando realizar e com quem?

A declaração de objetivo do conteúdo deve ser algo como isso :”Na (nome da sua empresa), criamos (adjetivo) conteúdo de vídeo para (especifique o público-alvo), para que eles (exatamente o que você deseja que eles façam)”.

Com isso em mente, é hora de partir para os vídeos.

Como fazer video marketing

O video marketing ajuda na promoção de uma marca e no fortalecimento de sua empresa no mercado. (Foto: Respondr.io)

Descreva os tópicos e tipos de vídeo que você criará

Ao procurar implementar vídeo em uma empresa, é importante descrever seu escopo. Primeiro olhe para quais funções do negócio usarão o vídeo e se os ativos serão usados internamente, externamente ou ambos.

Por exemplo, se você tem uma empresa de software corporativo, você pode querer quebrar o conteúdo de vídeos pois suporta diferentes funções de negócios, como “Produtos”, “RH”, “Eventos corporativos”, “Comunicações internas”, “Vendas” , “Suporte”, etc. A partir daí, você deve decidir quais tipos de histórias você precisará dizer sob cada uma dessas funções.

Você pode também ter histórias para contar sobre algumas linhas de produtos, o tema da análise e o tema da otimização. Estes são os seus “pilares de conteúdo” oficiais que se tornam o que você irá construir conceitos de vídeo e campanhas ao redor. Estes geralmente são extensivos e, na maioria dos casos, não devem ser muito pesados no fim das contas.

Depois de determinar seus pilares de conteúdo (essencialmente as histórias que você deve contar dentro de cada função em toda a organização), você poderá fazer um brainstorming sobre os tipos de vídeos que funcionam para contar essas histórias. Algumas opções incluem:

  • Webinars gravados
  • Vídeos de instruções úteis
  • Entrevistas com lideranças
  • Explicações de produtos e demonstrações detalhadas
  • Passo a passo do suporte
  • Vídeos culturais da empresa
  • Depoimentos de clientes
  • Estudos de casos semelhantes a documentários

Uma boa maneira de abordar o vídeo no início é descobrir as perguntas que seu público-alvo está perguntando e responder a eles com conteúdo detalhado. Não só você se beneficiará do SEO aprimorado, como criando vídeos sobre esses tópicos de instruções você pode se tornar o perito no tópico e lembrado pelo seu público como tal. Você também vai querer criar histórias de marcas atraentes e de alto nível para atrair inicialmente seu cliente-alvo sempre bem informado.

Estabeleça quem é responsável pela criação de conteúdo de vídeo

Dependendo da qualidade de produção que você pretende e do seu orçamento, você poderá investir em um profissional interno ou mesmo em uma equipe dedicada ao vídeo. No entanto, você também pode estar terceirizando conteúdo de alto orçamento com uma agência. No geral, avalie os recursos que tem e descubra se você está desenvolvendo conteúdo em produção interna ou terceirizada e como você monta a distinção em vários projetos.

Não importa como você esteja operando, descreva quem é responsável pelos conceitos criativos, quem escreverá os scripts, bem como as aprovações finais serão obtidas, quem organiza a logística de uma filmagem e quem é responsável por distribuir os vídeos assim que estiverem completos. Você também pode querer um “conselho editorial” dos principais interessados que são consultados para comentários de vídeo. Você definitivamente quer feedback em pontos críticos no processo ou projetos de vídeo, mas se mantenha atento ao excesso de profissionais, o que pode prejudicar os processos. Sua equipe de marketing poderia tentar lançar esforços de vídeo com uma pequena série de vídeos de três partes para comunicação interna, por exemplo. Isso vai explicar a função do video marketing e como ele será implementado na empresa.

Onde estará o seu conteúdo de vídeo?

Se você está reutilizando o conteúdo de um webinar, criando vídeos de instruções ou entrevistas de bastidores com sua equipe de gerenciamento, você precisa saber onde seus vídeos viverão em seu site. Enquanto o YouTube é um canal de distribuição incrível (e incrivelmente importante), não é uma estratégia de video marketing válida. No final do dia, o YouTube tem interesse em manter as pessoas no site deles, e não no seu site ou para sua marca. É por isso que você não só precisa de links de volta ao seu site dentro de suas descrições do YouTube otimizadas para SEO, mas também deseja criar um destino em seu site onde os clientes podem passar por uma viagem de conteúdo e se tornar cada vez mais imersos em sua marca e mensagem com muitos vídeos, imitando a experiência aditiva do YouTube. Lembre-se que o YouTube é uma ferramenta que precisa ser bem utilizada para que sua empresa obtenha os melhores resultados.

Você notará que as principais marcas que se comportam como empresas de mídia tendem a ter páginas inteiras de seus sites dedicados ao vídeo, Para começar com o vídeo em seu próprio site, tente incorporar vídeos relevantes em postagens de blog e criando um canal de vídeos onde todo o seu conteúdo esteja organizado em categorias.

Determine como você medirá o desempenho do video marketing

Da mesma forma que você rastreia ações de marketing para o conteúdo escrito, você precisa produzir, lançar e depois revisar seus vídeos e suas análises associadas para justificar seus investimentos. As métricas podem ainda ser uma palavra assustadora, mas o vídeo é realmente mais fácil de medir do que você pensa. Como o vídeo é distribuído por uma plataforma, você pode obter dados completos sobre o vídeo, ajudando melhor no direcionamento das campanhas. Algumas métricas que você deve rastrear para cada campanha de vídeo que você divulga, incluem:

  • Taxa de atenção e taxas de entrega: será que> 60% do seu público chegam ao final de seus vídeos em média?
  • Tacas de clique: divida conteúdos teste com e sem vídeos.
  • A quantidade total de conteúdo dos seus vídeos que são consumidos: quantos vídeos o indivíduo assiste no dia? Um mês? Uma semana?

Para obter a lista completa de quais métricas você deve rastrear, vários sites podem te auxiliar e fornecer todas as informações necessárias para um plano de marketing de vídeo eficiente.

No geral, uma estratégia de vídeo evita que você crie conteúdo sem objetivo. Seus vídeos devem ter um propósito alinhado com seus objetivos de negócios.

Você tem uma estratégia de vídeo documentada? Quem é responsável pelo vídeo em sua organização?

Marcadores: ,

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)