Muitos dos aplicativos que mais lucram não custam nada para baixar. Em um mercado onde a maioria dos usuários espera que seus aplicativos sejam gratuitos, como os criadores de aplicativos recuperam suas despesas e lucram após criarem um app?

As compras e publicidade no aplicativo permitem aos criadores de aplicativos ganhar dinheiro com seus aplicativos gratuitos. Mas, para ganhar dinheiro com um aplicativo gratuito, você precisa fazer mais do que apenas colocar anúncios no app. As estratégias inteligentes de monetização de aplicativos inteligentes vem de entender quais opções de geração de receita estão disponíveis, familiarizar-se com seu mercado e concorrência e alavancar seu conhecimento de seu público e negócios para atender a experiência de usuário corretamente. Aqui está o que você precisa saber sobre como ganhar dinheiro com um aplicativo.

Como ganhar dinheiro criando aplicativos: entendendo a monetização

Existem várias opções de monetização disponíveis para aplicativos. As compras dentro aplicativo e a publicidade aplicativo permitem que os aplicativos tragam receita ao renunciar os custos iniciais que podem desencorajar usuários de baixarem o aplicativo. Escolher o que usar é uma questão do tipo de aplicativo que você planeja lançar e as diferenças entre seus usuários.

Como ganhar dinheiro com apps

Apps podem fazer dinheiro de diversas maneiras, desde a venda direta do app, passando por propagandas, e indo até compras dentro do aplicativo. (Foto: Sites for Profit)

Ganhar dinheiro com aplicativos celular: compras dentro do app

Um aplicativo que utiliza compras no app oferece uma versão gratuita do aplicativo que inclui recursos adicionais, opcionais e pagos. Estes são comumente vistos em aplicativos de jogos onde os usuários são incentivados a comprar novos níveis, equipamentos e itens. Esses tipos de compras incentivam as compras repetidas porque são consumíveis, ou seja, acabam assim que você usar.

As compras no aplicativo também são encontradas fora do mundo dos jogos móveis em diversos aplicativo. Esta segunda categoria de compras no aplicativo permite que você continue usando o que você compra ao contrário de itens consumíveis que não permanecem quando são usados.

Aplicativos gratuitos que possuem um componente pago para fornecer acesso a um recurso adicional ou conjunto de recursos são chamados de “freemium”. Existem várias maneiras de ter um aplicativo freemium. Você pode oferecer uma versão gratuita do seu aplicativo com recursos reduzidos, ou mesmo permitir que os usuários tentem um determinado recurso inicialmente e, em seguida, ter ele bloqueado e liberado apenas com o pagamento do app.

Os aplicativos também podem oferecer opções de assinatura auto-renováveis para compras no app. Essas assinaturas permitem que um aplicativo forneça conteúdo ou recursos ao longo de um período de tempo determinado. As assinaturas recorrentes são especialmente úteis para aplicativos que tenham custos contínuos associados a eles, como manter servidores ou a criação de novos conteúdos.

Como ganhar dinheiro com aplicativos: publicidade

Os anúncios dentro dos aplicativos vem em uma variedade de tamanhos, tipos e estilos para dispositivos móveis. A quantidade de receita que você gera por colocar anúncios nos aplicativos é baseada em modelos de publicidade tradicionais. A publicidade pode pagar de forma diferente para os cliques e as visualizações, para os países de diferentes usuários e de acordo com o formato dos anúncios, com vídeos que tendendo a valer mais do que anúncios estáticos.

Existem redes de publicidade para dispositivos móveis que oferecem uma variedade de modelos e formatos dentro da estratégia de publicidade no aplicativo, bem como métricas para acompanhar o desempenho dos anúncios.

O foco dos apps deve ser sempre o crescimento do número de usuários

Não importa se o seu aplicativo gratuito depende de compras no aplicativo ou de publicidade no aplicativo, apenas uma pequena fração de seus usuários o ajudará a gerar receita a partir do app. É por isso que o seu aplicativo gratuito precisa cultivar uma base de usuários grande e ativa, de modo que essa pequena porcentagem realmente represente uma receita significativa.

É importante pensar em métricas, como taxas de conversão de versão gratuita para a versão paga, taxas de câmbio para inscrições recorrentes e itens comparáveis. Sem um grande interesse nessas métricas, você estará mal equipado para expandir seu aplicativo até o ponto em que a minoria de usuários esteja realmente gerando receita.

Conheça o mercado de aplicativos e usuários

Faça sua pesquisa. Examine aplicativos nas lojas online, incluindo concorrentes, para identificar as melhores práticas para monetizar aplicativos similares. Embora seja difícil saber exatamente quanto dinheiro seus competidores estão ganhando, você pode identificar os tipos de estratégias de monetização que eles usam e como eles enquadram o conteúdo do aplicativo para impressões de anúncios ou transações opcionais. Familiarize-se com as técnicas de seus concorrentes e, em seguida, pergunte-se se eles estão perdendo uma grande oportunidade. Você deve observar os elementos dos aplicativos concorrentes que você pode aprimorar para trabalhar sua estratégia de monetização ou fazer um aplicativo melhor.

Cultivar uma compreensão profunda de seus usuários é tão importante quanto a pesquisa de concorrentes na construção de seu aplicativo, se não mais importante. Isto é especialmente verdadeiro para a elaboração de uma estratégia de monetização. Como apenas alguns usuários de seu público inteiro pagam por algo extra em seu aplicativo ou tocam em um anúncio, é crucial saber o que atrai e motiva seus usuários. Pesquise a demografia e as tendências de sua audiência e apresente anúncios relevantes para o que eles querem. Para compras no aplicativo, você precisa equilibrar o que seu aplicativo gratuito oferece com a conveniência de recursos extras e pagos. Fuja muito do que usuários procuram em seu app e eles não verão qualquer valor na utilização do seu aplicativo ou não comprarão recursos adicionais.

Tenha um plano de ação para seu aplicativo

Lembre-se do propósito do seu aplicativo. Os usuários móveis são sofisticados. Poucos tolerarão um aplicativo que tem apenas como foco ganhar dinheiro com propagandas ou compras. Aplicativos gratuitos bem sucedidos tecem seus esforços de monetização para que eles se sintam como uma parte normal da experiência do usuário. Isso significa se preocupar desde o tamanho do anúncio até onde ele vai ficar no seu aplicativo.

Tão importante quanto é implementar um sistema de compra fácil de usar e acionável para compras que façam sentido dentro do aplicativo. As melhores compras no aplicativo são intuitivas e só fazem sentido no contexto da experiência do usuário.

Certifique-se de concentrar e refinar sua estratégia de monetização para seus objetivos de negócios, seu mercado e seus usuários. Se o seu aplicativo pretende aumentar sua marca ou empresa existente, talvez você não queira incluir compras no aplicativo ou publicidade. A mera existência do aplicativo pode fazer você ganhar dinheiro simplesmente expandindo as formas como seus clientes podem encontrar e interagir com sua empresa. Seja qual for a estratégia que você implementa, mantenha um registro de seus próprios dados e monitore-o para garantir que suas premissas sejam corretas, especialmente para upgrades gratuitos. Depois de ter um bom fluxo de dados, inove. Experimente novas coisas com base nesses dados, teste-os e integre com base em seus resultados para encontrar a estratégia de monetização que funciona para seus usuários e sua empresa.

Quer conhecer mais sobre a monetização de apps? Deixe suas perguntas nos comentários abaixo! Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)