É muito comum ter um estabilizador de tensão sendo usado com computadoras. A principal intenção por trás do uso de estabilizadores de tensão é proteger os dispositivos contra flutuações de tensão. Mas o que isso significa? Vamos tentar entender e explicar melhor a função de estabilizadores.

Estabilizador de computador e sua função

Cada aparelho elétrico é projetado para operar sob uma tensão específica para proporcionar o desempenho desejado. Se esta voltagem estiver abaixo ou acima de um determinado valor, o aparelho funcionaria mal ou poderia funcionar em condições piores ou até mesmo ser danificado. Em aplicações domésticas e industriais, os estabilizadores de voltagem geralmente são empregados para manter a voltagem constante para o equipamento em particular.

Em outras palavras, como o nome sugere, um estabilizador de tensão estabiliza ou regula a tensão se a tensão de alimentação variar ou flutuar em um determinado intervalo. É um aparelho elétrico que alimenta tensão constante a uma carga durante condições de sob e sob tensão. Este dispositivo detecta essas condições de tensão e, correspondentemente, traz a tensão para o intervalo desejado.

Os estabilizadores de tensão fornecem um meio de regular a tensão de alimentação para a carga. Estes não são destinados a fornecer uma saída de voltagem constante; em vez disso, ele opera a carga ou o sistema em uma faixa aceitável de tensão.

O circuito interno de um estabilizador consiste em transformador / transformador automático, unidade retificadora, comparadores, circuito de comutação e relés. Ele pode também transformar uma voltagem de 220v em 110 com facilidade.

No caso de estabilizadores de tipo digital modernos, um microcontrolador ou microprocessador é usado como unidade de controle central.

Tipos de estabilizador para computador

Existem diferentes tipos de estabilizadores de tensão disponíveis no mercado atual de vários fabricantes. Estabilizadores vem com uma classificação KVA diferente para faixa normal, bem como uma ampla gama para aplicações de intervalo de entrada mais altos.

Existem modelos como estabilizadores dedicados para condicionadores de ar, TVs de LCD / LED, computadores, geladeiras, sistemas de música, máquinas de lavar e também estão disponíveis como uma única unidade grande para todos os aparelhos.

Os estabilizadores consomem muito menos energia, tipicamente cerca de 2% a 5% da carga máxima (isto é, classificação do estabilizador). Estes são dispositivos de alta eficiência, normalmente de 95 a 98%.

Eles podem ser estabilizadores de tensão monofásicos ou trifásicos. Estabilizadores automáticos de tensão não digitais e digitais estão disponíveis em fabricantes bem reconhecidos.

Alguns recursos adicionais estão disponíveis em estabilizadores modernos que incluem proteção de alta voltagem, proteção contra sobrecarga, comutação de voltagem zero, proteção de variação de frequência, exibição de corte de voltagem, função no break, entre muitos opcionais..

Estabilizadores

Estabilizadores caíram um pouco em desuso, mas podem ainda ter algumas vantagens. (Foto: StrongInfo)

Por que usar um estabilizador para computador?

Em alguns lugares do país, a estabilidade da rede elétrica é questionável, tornando necessário o estabilizador para manter a entrega de tensão constante. As flutuações de voltagem são bastante comuns nesses lugares e podem ser significativas em efeitos adversos em aparelhos. No caso de computadores, pode até causar danos aos componentes como a fonte de alimentação ou até mesmo ao disco rígido, que terão de lidar com cargas variáveis. Para superar os efeitos acima mencionados das variações de tensão, são necessários estabilizadores de tensão.

Princípio Básico de Operação do Estabilizador de Tensão

A regulação de tensão é necessária para dois propósitos distintos; condições de sobretensão e subtensão. O processo de aumentar a tensão a partir da condição de subtensão é chamado de operação de impulso, enquanto a redução da tensão da condição de sobretensão é chamada de operações de compensação.

Estas duas operações principais são essenciais em cada estabilizador de tensão. Como discutido acima, os componentes do estabilizador de tensão incluem um transformador, relés e circuitos eletrônicos. Se o estabilizador detectar a queda de tensão na tensão de entrada, ele habilita o relé eletromagnético para adicionar mais tensão do transformador, de modo que a perda de tensão seja compensada.

Quando a tensão de entrada é maior do que o valor normal, o estabilizador ativa outro relé eletromagnético de tal forma que deduz a tensão para manter o valor normal de tensão.

Como selecionar um estabilizador adequado para seu computador

O dimensionamento do estabilizador de tensão depende da classificação do equipamento para o qual a estabilização deve ser empregada. Portanto, a primeira e principal coisa na compra de um estabilizador de tensão é considerar a potência de todos os aparelhos (ou de um aparelho específico) que serão fornecidos pelo estabilizador. Essas classificações de potência são normalmente citadas em VA ou KVA.

A potência nominal dos aparelhos é normalmente mostrada na placa de identificação daquele aparelho. Se a potência não estiver disponível, basta calcular o produto de tensão e corrente desse equipamento para obter a potência nominal.

Recomenda-se sempre considerar a tensão RMS verdadeira da carga. Outro fator importante é considerar a expansão futura da carga. Portanto, a determinação da capacidade total de energia requer uma possível expansão futura, normalmente 20% a mais do que a necessidade real de energia, afim de conectar cargas a longo prazo. Considere também a função de no break para evitar problemas devido a piques de luz.

Para necessidades domésticas, são adequados estabilizadores de tensão nominais de 200 VA, 300 VA, 500 VA, 1 KVA, 2 KVA, 3 KVA, 4 KVA, 5 KVA, 8 KVA e 10 KVA. Para fins industriais e comerciais, são necessários servo estabilizadores de alta potência.

Há um ditado geral de que TVs LED modernas, computadores, refrigeradores, condicionadores de ar e outros aparelhos têm capacidade de estabilização e, portanto, não precisam de estabilizadores adicionais de voltagem.

No entanto, eles não podem aumentar ou diminuir tanto a tensão quanto os estabilizadores de tensão podem alcançar. Portanto, tenha um estabilizador de voltagem para suas necessidades domésticas ou industriais, se sua eletricidade tiver frequentes flutuações de voltagem. Um técnico poderá analisar sua rede para te fornecer essa informação.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)