A partir do final de 2006, a tecnologia Robson ganhou destaque na Intel. Esta tecnologia deu início a algumas melhorias na gestão de memórias nos chips da grande empresa de tecnologia. Seu impacto foi muito bom e causou boas melhorias, incluindo uma melhora no consumo de energia e uma inicialização mais rápida do sistema.

O que é a tecnologia Robson?

No fundo, Robson é apenas um cache ‘inteligente’ no disco rígido, que permite ao seu sistema operacional acessar dados importantes durante a inicialização, durante o acesso a determinados arquivos e durante a gravação no disco rígido, tudo muito mais rápido e com menos energia do que obtê-lo dos próprios discos de memória.

Portanto, a tecnologia Robson permite que o seu PC inicialize muito mais rapidamente, certos programas e funções do sistema operacional serão iniciados quase instantaneamente e o sistema operacional pode parecer mais responsivo ao gravar de volta no disco, da mesma forma que ocorre com os esquemas atuais de cache de gravação.

Como funciona a tecnologia Robson da Intel?

Robson trabalha com os atuais esquemas de cache de leitura e gravação do sistema operacional para Entrada / Saída de arquivo (se suportado), como o novo esquema de cache SuperFetch no próximo Windows Vista, para permitir que o sistema operacional fique ainda mais rápido com o mínimo esforço e custo extra. Os discos equipados com um cache Robson realmente não devem custar muito mais do que já custam, o que foi uma consideração significativa durante o seu início.

Mas os discos já têm caches bastante consideráveis, então o que há de especial no Robson? Os caches de disco não persistem com o desligamento, o que ocorre com o cache Robson, permitindo que os dados acessadoscom frequência persistam e sejam otimizados pelo sistema operacional de suporte.

Tecnologia Robson

Robson é o codinome de uma tecnologia da Intel que foi importante no desenvolvimento de uma melhor gestão da memória. (Foto: Intel)

Os caches de Robson foram projetados, obviamente, para serem muito maiores do que os caches de disco da época (atualmente chegando aos 16MiB para unidades de consumo), e foram construídos a partir de memórias falsas da NAND (flash projetado para ser acessado como um disco rígido, em blocos)

Tecnicamente, o cache Robson pode ser colocado em qualquer lugar entre o disco e o controlador de disco, dando margem para que ele esteja na placa principal do sistema de PC que o suporta, mas as indicações atuais são de que a própria unidade de disco é onde você a verá. mais, já que você precisa em grande parte de um cache por disco.

Suporte de PC para Robson

O Microsoft Windows Vista foi o alvo óbvio do sistema operacional do consumidor para Robson, dado o novo esquema de cache disponível nesse sistema operacional em particular, mas o Windows XP também teve suporte para a tecnologia, bem como o Linux e o Mac OS X obteram o suporte em pouco tempo . Os discos que contêm o cache foram lançados a partir de 2006.

A tecnologia Robson continua importante?

Projetado para tornar seu PC mais rápido e mais econômico, o Robson é um cache de E / S grande e persistente, projetado para acelerar a inicialização do PC, o Sistema Operaciona mais rápido para executar e alguns programas mais rápidos de abrir e usar, tudo isso por um aumento mínimo de custo em comparação com as tecnologias de disco da época.

Hoje, com o advento dos SSDs, temos uma velocidade muito maior de acesso ao sistema e de abertura de programas. Porém, a tecnologia Robson evoluiu e a Intel usa sua evolução em seus SSDs e suas tecnologias de acesso rápido aos discos rígidos.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)