Os computadores híbridos de laptops e tablets estão ganhando cada vez mais mercado. Ganham também espaço notebooks mais finos, leves, e mais portáteis. Para ambos os casos, o nome dado a esses aparelhos é de ultrabook. Porém, há mais diferenças do que apenas a fusão entre tablet e notebook ou a maior portabilidade do aparelho.

Notebook ultrafino ou híbrido: ultrabook

A primeira coisa que você notará quando você olhar para uma tela de um ultrabook é que esses computadores são muito menores do que laptops tradicionais. A maioria dos ultrabooks também são mais leves do que a maioria dos computadores portáteis no mercado, embora mesmo notebooks já estejam sendo fabricados com projetos mais leves e portáteis. Ultrabooks também tem, geralmente, a funcionalidade híbrida, que é a possibilidade de usar o computador como tablet ou notebook normal. São dispositivos que pesam, no máximo, 2 quilos.

Notebook fino: desempenho dos ultrabooks

Um ultrabook tem um desempenho reduzido em relação a um notebook, embora seja capaz de realizar a maioria dos trabalhos básicos com eficiência. Vamos analisar ponto a ponto de um ultrabook.

Bateria: ultrabooks tendem a ter uma bateria com vida útil mais longa do laptops, embora haja exceções. É preciso que o interessado em comprar um ultrabook esteja de olho em testes do produto, para garantir que está comprando aquele com a melhor vida útil de bateria pelo seu dinheiro investido.

Processador: dentro de um ultrabook normal, você vai encontrar processador que tem um consumo de energia menor. Ao consumir menos energia, a fabricante tem que sacrificar um pouco no desempenho de processamento, mantendo também o processador em uma temperatura ideal. Em comparação a notebooks normais, um ultrabook geralmente perde em desempenho de processador. Os poucos modelos que saem desse padrão são quase o dobro de preço de um notebook tradicional.

Placa de vídeo: é encontrada de duas formas nos ultrabook, podendo ser separada ou integrada ao processador. No primeiro caso, geralmente é usada a versão móvel da placa de vídeo, que tem um desempenho piorado em relação à versão completa da placa. Já no segundo caso, o desempenho da placa de vídeo é bem comprometido em relação a computadores com placas separadas dos processadores. Geralmente, as placas de vídeo de ultrabooks não são melhores que as de notebooks e quando são, os modelos são bem mais caros que um notebook normal.

Memória: podem possuir a mesma memória que um notebook normal, e obter o mesmo desempenho. Geralmente, ultrabooks usam memórias com desempenho normal, ao invés de memórias com velocidade maior, para evitar o superaquecimento. Porém, em comparação com notebooks tradicionais, a memória não deixa nada a desejar, mesmo com um desempenho “mediano”.

Vantagens do ultrabook

Com um ultrabook, você terá um design premium, e um dispositivo muito mais fácil de carregar para todos os lados, mas com um preço bem alto a se pagar. (Foto: Trusted Reviews)

Adicionais no ultrabook

Ultrabooks não tem leitor de CD/DVD/Blu-Ray porque precisam economizar espaço e limitar a altura do modelo. Isso é um padrão. Quem precisa usar mídias ópticas deve comprar um drive externo para utilização.

Por outro lado, ultrabooks geralmente utilizam portas USB e de outros protocolos na maior velocidade possível, com um ótimo desempenho.

Tela do ultrabook

Uma última coisa a notar sobre ultrabooks: se você planeja usar o dispositivo no sol, você pode ficar incomodado com todo o reflexo na tela A maioria dos ultrabooks vem com vidros brilhantes em oposição às telas foscas do notebook tradicional, e como telas brilhantes refletem o sol, é um pouco difícil de trabalhar em um dia ensolarado com um ultrabook. Além disso, as telas de ultrabook geralmente variam entre 13 e 15 polegadas, não indo além disso e podendo até ser menores, em alguns casos.

Notebook tradicional: tamanho e tela

Notebooks variam em tamanho, peso e espessura. As telas de laptops tendem a variar entre 12 e 20 polegadas de tamanho e essas telas vem com um vidro protetor brilhante ou fosco, dependendo do laptop escolhido. O peso varia bastante, podendo chegar a mais de 3 quilos, em alguns casos. Se você quer um laptop que você possa levar com você onde quer que vá e sem se cansar, mantenha o tamanho e peso de um laptop em mente antes de fazer a compra.

Vida útil e duração da bateria de notebook

A vida útil da bateria. bem como sua duração em notebooks, tende a ser reduzida, embora alguns laptops venham com baterias potentes. A tecnologia usada nas baterias de notebooks tradicionais também tendem a ser um pouco mais ultrapassadas do que as usadas em ultrabooks, o que resulta em uma bateria com uma vida útil menor do que a dos ultrabooks, ou seja, você precisará trocar a bateria mais cedo. Contudo, vale lembrar que ultrabooks tem baterias dentro da carcaça do dispositivo, enquanto notebooks tem baterias de encaixe, o que barateia na hora da manutenção de troca.

Adicionais no notebook

Se você precisa de uma unidade óptica em um computador portátil, e carregar um drive separado não é uma opção, não há qualquer substituto para o laptop padrão. A questão é maioria das pessoas hoje em dia raramente usam drives ópticos, e estas unidades podem deixar de existir dentro de alguns anos, dando lugar para pen drives e HDs externos.

Desempenho de um notebook

Notebooks tem desempenhos mais variados, com alguns modelos que podem se equivaler ou superar o desempenho de um computador de mesa.

Bateria: tem, geralmente, uma vida útil e duração menor do que a de ultrabooks. A vida útil é também reduzida, mas a bateria de um notebook é geralmente mais fácil de trocar do que a de um ultrabook, já que ela é externa na maioria das vezes.

Processador: notebooks não tem muitas limitações para o tipo de processador que podem usar. Alguns modelos até usam processadores equivalentes a de versões de mesa, principalmente computadores para jogos. nesses casos, o notebook acaba sendo bem mais espesso que um modelo tradicional.

Placa de vídeo: pode utilizar placas de vídeo equivalentes a modelos de computadores de mesa, bem como soluções integradas ao processador, ou placas de vídeo móveis. Essa flexibilidade possibilita que um notebook tenha uma gama muito maior de configurações e desempenhos para os mais diversos públicos.

Memória: um notebook não tem limitações quanto a memória, podendo até usar modelos de alto desempenho, como são as memórias de notebooks feitos para jogos.

Tela de notebook

Com menos reflexo na tela, é mais fácil enxergar quando o sol bater sobre ela. Além disso, com a possibilidade de telas maiores, notebooks podem proporcionar uma experiência visual melhor do que ultrabooks, principalmente para quem usa um notebook como centro de entretenimento (assistir vídeos, filmes, jogos, etc).

Você deve escolher um Ultrabook ou laptop?

Escolher um ultrabook ou notebook depende de como você planeja usar o seu novo sistema. Se você quer um aparelho que lhe permitirá navegar na Internet, enviar emails, inserir dados em planilhas e trabalhos básicos de programação, um ultrabook é perfeito. Modelos com placas gráficas dedicadas ainda podem ser capazes da edição de fotos sem dificuldade, mas terão problemas com a edição de vídeos. Se você é um gamer, precisa de uma unidade óptica, e não se preocupa com a vida da bateria ou a portabilidade, um notebook é o caminho. Pensando na questão de valores, ultrabooks tendem a ser um pouco mais caros do que notebooks que tenham configurações semelhantes, mas, isso depende da marca e os componentes incluídos. Notebooks também tem uma gama maior de configurações e preços, para caber em vários bolsos.

Não podemos fazer a escolha por você, mas esperamos que nossas informações tenham te ajudado a encontrar o modelo certo! Se ainda tiver dúvidas, use o espaço para comentários abaixo para deixar suas perguntas.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)