Nesse mundo moderno onde estamos rodeados de apetrechos tecnológicos, fica difícil saber quais deles realmente terão alguma utilidade para você. A variedade é tão grande que podemos nos sentir esmagados pela onda de lançamentos e atualizações em cada um dos produtos que existem.

Mas não é necessário entrar em desespero se você compreender muito bem o que você realmente precisa na sua vida e a utilidade de cada item tecnológico.

Como saber se eu preciso de um aparelho tecnológico?

A tecnologia surgiu para facilitar a sua vida. Então, o principal critério para escolher um item é saber o quanto ele te ajudará em tarefas diárias. De certa forma, você também deve pensar em quanto tempo aquele item irá te poupar em tarefas do dia a dia. Ou até o propósito do item, seja ele profissional, acadêmico ou para entretenimento.

Você deve também resistir à tentação das marcas e propagandas. Por exemplo, já cansei de ouvir pessoas dizendo que precisavam de um iPhone sem sequer saber o que o celular tinha ou quais os benefícios ele traria para a vida deles. Era o poder da marca “Apple” falando. Você não deve aliança à nenhuma marca. Você não TEM que comprar nenhum item tecnológico. Você DEVE escolher o gadget e não deixar que o gadget seduza você.

Com isso em mente, tentarei resumir bem a utilidade dos principais itens tecnológicos do mundo moderno. Não incluirei acessórios aqui, apenas as utilidades e o perfil de quem precisa do gadget específico.

Notebooks e computadores de mesa (PCs)

Estes itens são praticamente uma obrigatoriedade para a maioria das pessoas no mundo. Sem eles, você acaba ficando desconectado da rede e assim, perde uma boa parte do que é o universo moderno. Mas nem todo mundo precisa de um notebook ou computador de mesa.

Notebooks são as opções portáteis dos computadores de mesa. Também são mais caros. Computadores de mesa são mais baratos e podem ter configurações melhores. Essa diferença é importante para quem busca estes itens para jogos, já que o preço de um notebooks com configurações que suportam jogos mais atuais pode ser bem proibitivo.

O notebook é a melhor opção para acadêmicos e pessoas que precisam utilizar muito o computador para digitar em qualquer lugar que estejam. O PC, hoje em dia, foca em um público que edita vídeos e fotos e gosta de jogos de computador.

Há ainda um público limitado que gosta dos “media centers”. Mas ao invés de comprar um media center, basta comprar um computador com boa configuração que ele substitui o media center e ainda muitos outros itens de nossa lista..

Tablets

Tablets não foram feitos para digitar muito, a não ser na utilização de redes sociais. Eles são feitos quase que exclusivamente para anotações rápidas e consumo de conteúdo. Com isso em mente, se você quer um tablet para digitar alguma coisa, mesmo com o lançamento de opções híbridas entre tablet/notebook, é gastar dinheiro a toa.

Agora, se você gosta de assistir filmes, jogos móveis, ler livros digitais e ouvir uma boa música, o tablet pode ser um bom companheiro de cabeceira que evitará que você tenha que ter uma televisão em cada cômodo de sua casa. Redes sociais são um “extra” para os tablets, já que o tamanho deles não facilita muito a interatividade. Videochamadas e chamadas de voz são mais a praia desses smartphones gigantes.

Quem quer um tablet para usar para anotações terá muitas dificuldades e frustrações pela frente, mesmo que o aparelho tenha uma caneta stylus. Agora, se você quer usá-lo para apresentações acadêmicas e profissionais, ele é uma das melhores opções tecnológicas.

Se você quer um tablet para leitura, a duração de bateria, peso e fraca visibilidade deste item sob o sol o tornam uma opção incômoda.

GPS

Você faz viagens constantes e longas? Se não faz, você pode muito bem usar um smartphone ou tablet que tenham GPS embutido. Se faz viagens longas e constantes e gosta delas como um hobby, invista em um bom GPS e não em um xing-ling.

MP3 Player

Assim como o GPS, o MP3 player vem sendo substituído pelo smartphone. Porém, ele ainda tem um público garantido entre os esportistas, já que sua portabilidade traz quase nenhum incômodo na prática de esportes. Se você for investir em um MP3 player, garanta que ele também tenha um podômetro (contador de passos) e algum tipo de monitor cardíaco (ou a possibilidade de conexão com um).

Escolhendo os gadgets com sabedoria

Existem vários gadgets, para vários gostos. Você não precisa de todos eles para estar bem servido. Portanto, saiba escolher bem para não gastar demais e ficar com um elefante branco em casa. (Foto: alivecampus.com)

Smartphones

Você usa um celular apenas para falar e mandar mensagens? Então você não precisa de um smartphone. Mas você precisará de um que tenha acesso à internet, já que boa parte das pessoas está trocando o SMS por mensagens em redes sociais.

O smartphone é um aparelho altamente tecnológico que serve para consumo de mídia, jogos, música, fotografia e filmagem amadora, gravação de voz e leitura. Porém, você pode se frustrar com celulares de menores resoluções e telas na hora de assistir vídeos. Se essa é uma das coisas que você quer fazer com seu celular, opte por modelos topo de linha com telas grandes.

Este gadget também é excelente para quem gosta de tirar fotos e fazer filmagens sem ter que carregar uma câmera para todos os lados. Pode ser um bom companheiro aos estudantes que desejam fazer anotações rápidas de suas aulas, complementando-as com imagens, gravações de áudio e/ou vídeo.

Quem está conectado a redes sociais também deve pensar em um smartphone. Mas se usar o aparelho só para este fim, opte por um com configurações mais básicas e o preço mais em conta.

Ereader

Talvez um dos itens mais limitados de nossa lista. Feito apenas para quem quer consumir especificamente a leitura digital de uma forma mais prática, já que sua bateria dura por semanas, seu peso é quase que imperceptível e ele pode retirar um bom peso de suas costas ao evitar que você tenha que carregar livros pesados em sua mochila.

Bons modelos permitem que você faça anotações nos livros, revistas e sites que você lê. Excelente opção para estudantes ou aqueles que querem uma forma prática de armazenar sua biblioteca digital. Péssima escolha se você ainda prefere ler apenas o livro em papel.

Câmera fotográfica/Filmadora

Só para quem tem a fotografia/filmagem como hobby ou como profissão. E não vale investir em uma câmera/filmadora do tipo “point-and-shoot” (apontar e fotografar), que são aquelas mais básicas. Você te que investir em pelo menos um modelo semi-profissional para obter bons resultados.

Se você quer tirar fotos e vídeos de amigos, selfies e fotos do seu almoço, fique com um smartphone mesmo. Você estará só gastando dinheiro a toa.

Esperamos ter coberto todas as suas dúvidas com este artigo. Mas se deixamos algo de lado ou suas dúvidas não foram solucionadas, não deixe de perguntar nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)