A maioria das pessoas toma precauções razoáveis quando se envolve, em atividades que são potencialmente inseguras ou prejudiciais, como usar cintos de segurança em um carro ou até mesmo lavar as mãos antes de comer. Os benefícios desses procedimentos básicos são fáceis de entender, uma das razões pelas quais essas práticas são tão amplamente adotadas. Mas as coisas parecem bem diferentes no que diz respeito às nossas vidas digitais; em outras palavras, uma estratégia de backup.

Todos os telefones celulares, laptops e computadores pessoais armazenam suas fotos, documentos e outros dados em um pequeno chip de memória ou em um disco rígido giratório, e não é incomum que eles falhem. Na verdade, devido à natureza de como os discos rígidos operam, eles vão garantidamente se desgastar com o tempo. É só uma questão de quando. Qualquer um deve estar mesmo remotamente preocupado em ter certeza de que seus arquivos digitais estão seguros e acessíveis daqui a um, cinco, dez ou mesmo centenas de anos, precisa ter uma estratégia sólida de backup caso o impensável aconteça, principalmente para as fotos que guardam suas memórias.

O desafio do backup de fotos

Um problema com a criação de uma estratégia de backup é que ela pode parecer tão complexa e complicada que é difícil saber por onde começar. De programas na nuvem a armários a cofres, o mundo do backup de dados tem diversas opções. Porém, não fique tão envolvido em encontrar a estratégia ideal de backup de forma a te impedir de buscar outros métodos. A lição importante, não importa qual método você use, é criar cópias de seus dados, especialmente suas fotografias, para que você ainda possa obtê-las se algo de ruim acontecer.

Como fazer backup das fotos pela estratégia 3-2-1?

Uma das melhores maneiras de fazer backup dos seus dados é a estratégia 3-2-1:

3: tenha três cópias dos seus dados.

2: Mantenha em dois lugares separados.

1: Pelo menos uma deve estar fora de onde você está

Isso pode parecer um monte de problemas, mas é semelhante à maioria das coisas na vida que exigem pequenas mudanças comportamentais. Uma vez que você supera a configuração inicial de utilizar uma estratégia de backup, isso se torna um hábito ou, melhor ainda, uma atividade completamente transparente que simplesmente acontece em segundo plano. Como alguém que perdeu dados e teve amigos e familiares perdendo milhares de fotos graças a falhas no computador e à corrupção do disco rígido, posso dizer com confiança que vale a pena investir em seus dados. Não salvará sua vida física, mas poderá salvar sua vida digital.

Backup de fotos

O backup de suas fotos demanda uma boa estratégia para que não haja riscos de perder as imagens. (Foto: SantoDigital)

Backup de fotos em discos rígidos externos

Dentro de quase todos os computadores pessoais há um disco rígido giratório que gira a uma velocidade estonteante de 5400-7200 rotações por minuto, todos os dias, enquanto o computador existir. Com o tempo, os discos rígidos provaram ser caixas simples e econômicas para armazenar grandes quantidades de dados. No entanto, sua natureza mecânica torna-os não apenas propensos a falhas, mas bastante caros e demorados para recuperar seus arquivos e fotos, caso algo aconteça.

Devido a essas advertências, um dos métodos mais simples de fazer o backup dos seus dados é usar o software para fazer um clone do seu disco rígido em outro disco rígido. Isso duplica tudo no seu computador para que você possa acessá-lo instantaneamente em caso de emergência. Graças à natureza relativamente barata dos discos rígidos externos e do software de backup (que geralmente é fornecido com discos rígidos), o processo é praticamente indolor. Basta abrir o app, conectar seu HD externo para seu computador, e começar o backup.

Se você realmente deseja ir além com um plano de backup externo baseado em unidade de disco rígido, é possível configurar uma solução de várias unidades na qual todos os seus dados são copiados para não apenas um, mas vários discos rígidos ao mesmo tempo. Isso é chamado de sistema RAID (Redundant Array of Independent Drives, unidades redundantes de unidades independentes) e, embora seja mais custoso do que uma única solução de drive, é praticamente garantido que ele proteja contra a perda de dados. Se uma das unidades em uma matriz RAID falhar, normalmente você pode simplesmente trocá-la por uma unidade nova e continuar fazendo o backup de tudo. Você pode configurar o sistema RAID em um NAS (Network Attached Storage, ou Armazenamento Ligado á Rede), com vários HDs para fazer o backup dos seus dados.

Por fim, se você for usar backups externos, é importante mantê-los criptografados para que os olhos curiosos ou os canalhas de ladrões não consigam dar uma olhada nos seus dados.

Os discos rígidos são tão baratos hoje em dia que é difícil dar errado com esse tipo de solução. Se a sua unidade de backup parar de funcionar, você pode comprar outra relativamente barato. Compre uma unidade com o dobro da capacidade do disco rígido interno do seu computador, o que significa que você pode restaurar cópias antigas de arquivos muito tempo depois de serem excluídas do computador.

Backup de fotos no Google ou na nuvem

Se você não quer se preocupar com o incômodo de configurar um disco rígido externo, criptografar seus dados e trocar de unidade toda semana ou todo mês, outra boa opção é usar um serviço de backup baseado em nuvem como o Google Photos, OneDrive, DropBox, ou Box Sync. Várias empresas oferecem planos pagos que fazem o backup de todos os dados em seu computador, ou apenas uma parte que você especifica, para seus próprios servidores automaticamente. Em termos de conveniência, esses serviços são difíceis de serem superados, já que não exigem quase qualquer interação sua após a configuração inicial.

Uma das desvantagens é o preço, já que exigem uma taxa mensal ou anual recorrente que, embora não seja muito cara, pode aumentar com o tempo. Eles também fazem o ato de restaurar todos os seus dados, como no caso de um incêndio ou inundação, mais difícil do que apenas ligar um disco rígido de reposição com uma cópia completa de tudo. Felizmente, muitos serviços baseados na nuvem lhe enviarão um disco rígido com uma cópia completa dos seus dados por uma taxa adicional, caso você realmente precise fazer uma restauração completa de todo o seu computador. Você também tem a opção de fazer login na sua conta a partir de um navegador da Web e fazer o download seletivo de arquivos ou pastas individuais, o que pode ser útil se você precisar recuperar itens específicos e não restaurar o computador inteiro.

Uma das principais desvantagens das opções de backup baseadas em nuvem envolve, na verdade, enviar seus dados para eles em primeiro lugar. Embora o acesso à Internet de banda larga esteja se tornando cada vez mais comum em todo o mundo, as velocidades de upload ainda estão muito aquém das velocidades de download. Uma conexão doméstica típica permitirá que você carregue alguns poucos GB por dia, o que significa que pode levar vários meses para fazer o backup de todo o seu disco rígido. Se você filmar em RAW e estiver constantemente enchendo seus cartões de memória, poderá achar que os serviços de backup baseados em nuvem são bastante limitadores, a menos que você tenha uma conexão de internet muito rápida.

Outras opções baseadas em nuvem estão disponíveis para atender especificamente às necessidades dos fotógrafos. O Google Fotos permite armazenamento ilimitado para fotos até uma qualidade específica, e a Amazon permite armazenamento ilimitado de fotos para membros Prime. O Flickr, que há muito tempo defende o compartilhamento de fotos online, oferece aos usuários uma grande quantidade de armazenamento gratuitamente. Serviços como o Dropbox, o OneDrive e o iCloud da Apple oferecem planos pagos que permitem que você faça backups de enormes quantidades de fotos e outros dados por uma taxa, além de sincronizá-los em todos os seus dispositivos.

Se você está pensando em usar uma solução baseada em nuvem, investigue algumas opções e veja o que você acha que funcionaria melhor para suas necessidades. Todos são bons e você não pode errar com nenhum deles se você não tiver uma solução de backup estabelecida. Quando você utiliza serviços gratuitos como o Google Fotos ou o Flickr, é uma boa ideia revisar os Termos de Serviço para saber exatamente quais informações e dados pessoais você está desistindo em troca do uso gratuito de seu armazenamento.

Backup usando outras mídias

Á medida que as câmeras digitais alcançaram proeminência no início dos anos 2000, tornou-se dolorosamente óbvio que o backup de dados em CDs e, subsequentemente, DVDs era lento e complicado demais para ser uma boa solução. A gravação dos discos demora algum tempo, e obter arquivos deles pode ser uma tarefa difícil, já que cada vez mais computadores abandonaram esses tipos de unidades de disco.

Então, por que no mundo esse tipo de solução seria considerado parte de uma estratégia de backup equilibrada em 2017?

A resposta a esta questão está principalmente relacionada ao custo. Mídias virgens são baratas e, mesmo que o seu computador não tenha gravador de mídias, você pode comprar um gravador externo a baixo custo. Aumentando um pouco os valores, você pode usar cartões SD como armazenamento seguro para suas fotos..

Uma das desvantagens notáveis dos backups baseados em mídias é que elas são propensas às mesmas duras realidades de tempo de qualquer disco rígido. Mais cedo ou mais tarde, todos os discos que você criar em casa falharão devido a um conceito conhecido como “bit rot”, que é quando a camada de tinta dentro de um CD, DVD ou Blu-Ray que realmente contém seus dados se deteriora com o tempo. Pode levar alguns anos ou 50 anos, mas é quase certo que acontecerá com todos os discos que você gravar. A mesma falha pode acontecer com um cartão SD, apesar disso poder demorar mais para acontecer. Novas tecnologias de mídias também podem ajudar a preservar seus dados por mais tempo, assim como os cuidados especiais com as mídias.

Ao adicionar um componente baseado em disco à sua estratégia de backup, torne-o parte de um ritual anual em vez de algo que você faz mensal ou semanalmente. Obtenha um gravador de mídias para que você possa armazenar todas as suas fotos o ano todo e fazer o processo de gravação de um disco e levá-lo para um cofre. Pode parecer bobo no começo, mas pode realmente salvar sua vida digital se você precisar dela.

O backup eficiente das suas fotos

O grande desafio de fazer backup de suas imagens digitais é que todos os métodos tem seus aspectos positivos e negativos. Nenhuma solução é a melhor. E muito poucas coisas na vida são verdadeiramente permanentes. Por isso, mesmo que você imprima fisicamente suas fotos, elas eventualmente desaparecerão e também serão suscetíveis a mofo, umidade ou danos físicos.

Qualquer opção de backup digital é melhor do que nenhuma. Se você deixar suas fotos no seu computador ou telefone sem duplicatas, então você corre o risco de colocar todos os seus ovos em uma cesta, o que é quase certo que irá falhar. A solução, então, é fazer algo para garantir que suas fotos não atinjam um fim prematuro digital. Pode ser um segundo disco rígido, uma solução baseada em nuvem, um disco Blu-Ray, usando uma combinação dos três ou outro método que não mencionamos. Não deixe que as memórias sejam perdidas por conta de um descuido seu.

E se você? Qual solução você usa para garantir que suas imagens sejam armazenadas em backup e prontas para serem acessadas se você precisar delas? Por favor, compartilhe nos comentários abaixo.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)