Se você gastoou algum tempo em pesquisar técnicas de produtividade, você provavelmente já ouviu falar da famosa Técnica Pomodoro. Criada na década de 1980 por Francesco Cirillo, a Técnica Pomodoro é uma das mais populares técnicas de gerenciamento do tempo usado hoje. Mas este método não é para todos, e para cada pessoa que é um adepto apaixonado do sistema, há uma outra pessoa que é crítica dos resultados.

A técnica Pomodoro aumenta mesmo a produtividade?

É uma questão de preferência pessoal. Mas se você está curioso sobre os benefícios de usar a técnica, este artigo vai quebrar as informações básicas que você precisa decidir se esta técnica vale a pena experimentar e pode te ajudar a produzir mais e melhor.

O que é a técnica Pomodoro?

A Técnica Pomodoro é uma filosofia de gestão de tempo que tem como objetivo fornecer ao usuário o foco máximo e frescor criativo, permitindo-lhes concluir projetos mais rapidamente com menos fadiga mental.

O processo é simples. Para cada projeto durante todo o dia, você planeja seu tempo em incrementos curtas e pausas periodicamente. Você trabalha por 25 minutos e, em seguida, folga por cinco minutos.

Cada período de trabalho de 25 minutos é chamado de “pomodoro”, nomeado após a palavra italiana para o tomate. Francesco Cirillo utilizava um temporizador de cozinha com a forma de um tomate como o seu temporizador de pessoal, e, assim, se deu o nome do método.

Após quatro “pomodoros” se passarem, (100 minutos de tempo de trabalho, com 15 minutos de tempo de pausa) você faz uma pausa de 15-20 minutos.

Toda vez que você terminar um pomodoro, você marca o seu progresso com um “X”, e anote o número de vezes que você teve o impulso de procrastinar ou trocar o ritmo para trabalhar em outra tarefa para cada pedaço de tempo de 25 minutos. Há ferramentas online que te ajudam a acompanhar seus pomodoros. Ao final de cada um deles, marque também o que você foi capaz de produzir durante os 25 minutos.

Como é que a técnica pomodoro pode ajudá-lo?

Pausas freqüentes mantém sua mente fresca e focado. De acordo com o site oficial do Pomodoro, o sistema é fácil de usar e você verá resultados muito rapidamente. Você provavelmente vai começar a notar a diferença no seu trabalho ou processo de estudo dentro de um dia ou dois. Verdadeira domínio da técnica leva 7-20 dias de uso constante.

Se você tem uma lista grande e variada de tarefas, usando a técnica de Pomodoro pode ajudá-lo a pôr em ritmo através de projetos mais rapidamente, forçando-o a aderir ao calendário rigoroso. Assistindo a contagem regressiva pode estimulá-lo a encerrar a sua tarefa atual mais rapidamente, e espalhando uma tarefa ao longo de dois ou três pomodoros pode evitar que você fique frustrado. O momento constante de suas atividades torna você mais responsável por suas tarefas, e minimiza o tempo que você gasta para procrastinar. Você vai crescer para “respeitar o tomate”, o que pode ajudá-lo a lidar melhor com a sua carga de trabalho.

Produtividade na técnica pomodoro

Como você pode ver pela imagem, no ciclo pomodoro é possível descansar e produzir com uma boa frequência. (Foto: ayearofproductivity.com)

Quem gosta da técnica Pomodoto?

Antes de começar a usar a técnica, às vezes eu não conseguia descobrir como organizar um único dia na minha agenda, simplesmente porque eu iria saltar em torno de todos os tipos de projetos e nunca sequer ter mesmo um deles realizado. Junto com vários outros métodos semelhantes para a gestão do tempo, o pomodoro foi aquele que diminuiu minha ansiedade sobre a passagem do tempo e também me fez mais eficiente. Além disso, as pausas me ajudam a cuidar bem da saúde, pois não fico muito tempo sentado ou em uma tarefa repetitiva, além de sempre me levantar para beber água e buscar energia em alimentos saudáveis.

É geralmente uma técnica que funciona melhor para pessoas que podem quebrar suas tarefas do dia em etapas e/ou aqueles que trabalham em casa. Assim, fica mais fácil fazer a microgestão da sua produtividade e saber onde estão as falhas e acertos na sua produção.

Quem não gosta da técnica pomodoro?

Alguns amigos não tiveram o mesmo sucesso com a técnica pomodoro. Estes disseram que pomodoros são um caso de tudo ou nada: ou você trabalha por 25 minutos em linha reta para marcar o X ou não conclui um pomodoro. Como a marcação que X é o sinal mensurável de progresso, você começa a se coiber de exercer uma atividade que se não irá resultar em um X. Por exemplo, reuniões ficam no caminho de pomodoros. Digamos que você tenha uma reunião marcada para 16:30. Hoje é 4:10, o que significa que você só tem 20 minutos entre agora e o encontro. Nesses casos, você tendem a não iniciar um pomodoro porque não vai ter tempo suficiente para concluí-lo de qualquer maneira. Assim como meus amigos, também passo por esse desafio ao usar a técnica pomodoro.

Um outro amigo já foi mais extremista na sua opinião. Ele afirma que somos realmente capazes de nos manter concentrados sem um temporizador na nossa mesa. Questiona perguntando se você já viu um engenheiro civil usando um temporizador para manter sua concentração, enquanto trabalha em seus projetos. Como qualquer outro profissional sério, é possível ficar concentrado no que se está fazendo por horas. Ele acredita que você deve trazer de volta o seu temporizador para sua cozinha e começar a trabalhar de uma forma mais profissional e eficaz.

Considerações Finais

Uma das melhores coisas sobre a Técnica Pomodoro é que é grátis. Sim, você pode gastar mais para obter um temporizador em forma de tomate, se você quiser, ou você pode usar qualquer programa de temporizador em seu computador ou telefone. Assim, mesmo se você experimentá-lo e odiá-lo, você não perdeu todo o dinheiro.

O processo não é o ideal para todas as pessoa, ou qualquer tipo de trabalho. Mas se você precisa de uma maneira sistemática para resolver o seu diário lista de afazeres, a Técnica Pomodoro pode atender às suas necessidades.

Partindo da minha experiência, já testei várias outras técnicas e me adaptei melhor à Pomodoro. O desafio de não ter 25 minutos para uma dada tarefa foi solucionado por simplesmente não contabilizar um Pomodoro durante esses menos de 25 minutos, mas não deixando de fazer alguma atividade ou organização do meu trabalho. Pode ser até a leitura de artigos, enviar emails ou checar minhas redes sociais.

O mais importante aqui é que você experimente a técnica e veja se ela realmente te ajuda. E depois, não se esqueça de compartilhar sua experiência e opinião nos comentários abaixo.

Um comentário para “A técnica Pomodoro aumenta mesmo a produtividade?”

  1. Igor

    Já testei vários métodos, mas esse foi de longe o melhor.
    Serve para todas as pessoas que são multitarefas.
    Sobre a crítica, conheço engenheiros que usam e não largam de forma alguma.

    Bom post!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)