PCs, servidores, roteadores, modems de banda larga, televisores, home theaters, e vários outros equipamentos eletrônicos estão sujeitos a danos elétricos. Há uma grande variedade de problemas elétricos ameaçam sistemas e periféricos constantemente. Mas a queda de energia continua sendo o maior medo de muitos proprietários de eletrônicos, e descobrir formas de se proteger desses surtos de energia é uma ótima solução para não tomar grandes prejuízos.

Oscilação de energia: o que fazer? Comece medindo a energia que chega aos dispositivos

A maioria dos equipamentos eletrônicos é projetado para usar 120 volts de energia fornecida em 60 Hertz. A corrente elétrica fornecida por uma concessionária local ou em um local ou instalação pode variar desse padrão, no entanto, às vezes de forma significativa.

Ao implementar novos sistemas e à medida que as instalações forem expandidas na sua casa, certifique-se de que a rede elétrica local continua fornecendo a base da energia elétrica de forma adequada. Tanto quedas de energia quanto surtos afetam negativamente os componentes elétricos de eletrônicos, podendo causar sérios prejuízos.

Use um multímetro para revelar a tensão que uma tomada de alimentação fornece aos sistemas e equipamentos. Se a corrente (voltagem) varia em dois por cento ou menos, invista em filtros de linha uma fonte de alimentação ininterrupta (os famosos no break). Se a corrente variar em três por cento ou mais, entre em contato com a concessionária local, um eletricista ou engenheiro elétrico para verificar o que pode estar acontecendo.

Oscilação energia queima aparelhos, e o aterramento da rede elétrica é essencial

Filtros de linha e no breaks não podem proteger adequadamente os equipamentos para os quais eles são projetados para proteger se as tomadas elétricas que estão conectadas não estão adequadamente aterradas. A fiação de aterramento é responsável por desviar a maior parte das sobretensões. Quando o aterramento está comprometido, as sobretensões não tem um caminho para serem suprimidas. Todo tipo de eletrônico pode sofrer danos significativos.

Muitos dispositivos protetores contra oscilações de energia acenderão uma lâmpada de aviso se a tomada na qual estão conectados não estiver devidamente aterrada. Você também pode testar o aterramento com dispositivos próprios para esta finalidade. Se sua casa não tiver aterramento, chame um eletricista ou engenheiro elétrico para projetar esse aterramento o quanto antes. Tanto para quedas de energia quanto para surtos, é importante esse tipo de proteção.

Proteção contra surtos e quedas de energia

Importante é proteger seus dispositivos eletrônicos de surtos e quedas de energia, para que os circuitos e componentes não sejam danificados e você tenha que arcar com o conserto do prejuízo. (Foto: Inside Edison)

Proteja seus eletrônicos não sobrecarregando circuitos

Grande parte dos curtos circuitos e incêndios causados por falhas na rede elétrica são causados por sobrecarga em circuitos. Quando muitos dispositivos estão conectados a um único circuito, eles podem ser ainda mais prejudicados nas quedas e surtos de energia.

Em uma casa ou apartamento, geralmente, cada circuito corresponde a um disjuntor diferente na caixa de disjuntores. Por exemplo, 1 disjuntor para as luzes, 1 para o chuveiro, 1 para as tomadas, etc. Colocar eletrônicos demais em um só circuito poderá sobrecarregar o sistema e aumentar os riscos quando houver uma queda de energia.

Vários recursos estão disponíveis para ajudar a estimar os níveis de potência adequados para cada circuito. Existem normas e resoluções técnicas da ABNT para o cálculo, bem como profissionais que podem calcular esses valores e estabelecer quantos eletrônicos podem ficar ligados em um mesmo circuito. O ideal é que dispositivos que consomem muita energia, como computadores para jogos, tenham um circuito apenas para eles.

Use um aparelho contra queda de energia

Conecte todos os equipamentos eletrônicos sensíveis a no breaks ou dispositivos de proteção contra surtos. Lembre-se de que certos dispositivos podem danificar as unidades de nobreak, e é preciso escolher a unidade certa para os eletrônicos que você procura. Se você tem um laptop ou outro dispositivo móvel que precise de proteção contra a queda de energia ou surtos, é bom comprar uma unidade portátil para esta finalidade.

Antes de comprar o no break ou dispositivo de proteção contra surtos, calcule cuidadosamente as demandas de energia para os sistemas conectados a um dispositivo para garantir que o aparelho possa alimentar todos os equipamentos conectados. Use calculadoras online para encontrar a demanda certa, e não comprar um dispositivo caro demais.

Não se esqueça que o dispositivo deve possuir um número de tomadas suficientes com proteção contra surtos e raios. Nem todas as tomadas de filtros de linha e no breaks tem essa proteção e portanto, é importante tomar esse cuidado na escolha.

Protetor de queda de energia para dispositivos de telecomunicação

Certifique-se sempre de que modems, roteadores, aparelhos de TV à cabo ou satélite, e cabos de antena estão protegidos contra surtos de energia. As descargas de raios freqüentemente descarregam por esses meios, e podem estragar todo o seu projeto de proteção que você tinha antes.

Ao comprar dispositivos de proteção contra surtos, procure modelos que protejam equipamentos conectados contra raios que entram na rede por meio de linhas de dados. Ao comprar o no break ou o protetor contra surtos, certifique-se de que ele tem uma entrada para dados, e proteção embutida para conexões de antenas ou cabos de TV à cabo. Quanto mais proteção você conseguir, melhor será para te proteger contra quedas e surtos.

Dispositivos de proteção contra surtos de tensão não servem para nada se a fonte dos eletrônicos estiver defeituosa

Componentes eletrônicos delicados são sensíveis a pequenas flutuações no fornecimento elétrico do sistema. Mesmo que os circuitos tenham sido testados, o aterramento apropriado tenha sido verificado, e no breaks ou protetores contra surtos estejam instalados corretamente, a fonte de alimentação direta do sistema pode causar danos elétricos a vários dispositivos eletrônicos.

Fontes de alimentação são uma causa frequente de reinicializações e falhas do sistema. Fontes que sobreaquecem podem causar não apenas problemas quando há surtos ou quedas de energia, mas também problemas com o funcionamento dos dispositivos eletrônicos. Por exemplo, uma fonte de computador que não está funcionando muito bem pode causar reinicializações frequentes, prejudicando o funcionamento do sistema.

As fontes de alimentação com defeito devem ser substituídas imediatamente para proteger os componentes de um sistema contra danos elétricos e possíveis riscos de incêndio. Se você desconfia que uma fonte de um dispositivo está causando problemas, faça alguns testes, seguindo tutoriais da internet, e verifique se é necessária a substituição da fonte.

Veja e entenda o que é um dispositivo de proteção contra surtos:

Mantenha as temperaturas de funcionamento adequadas

Altas temperaturas podem afetar adversamente as fontes de alimentação, podendo causar danos aos componentes internos do sistema. Temperaturas elevadas também podem impedir que a eletrônica interna de um dispositivo no break funcione corretamente, deixando assim os sistemas e equipamentos conectados em risco. Principalmente em situações de queda e surto de energia, o superaquecimento pode ser um grande problema, porque o dispositivo provavelmente não estará com o sistema de resfriamento funcionando adequadamente.

Proteja-se contra danos elétricos resultantes de superaquecimento, garantindo que os sistemas recebem resfriamento adequado. Mantenha todos os eletrônicos e seus sistemas de resfriamento longe de detritos, caixas, arquivos, pastas e outros móveis. Ao executar a manutenção rotineira do sistema, verifique se os componentes estão funcionando bem e se não há qualquer obstrução nas saídas de resfriamento. No breaks e protetores contra surtos também precisam desse tipo de proteção.

Veja como criar uma proteção eficiente contra surtos na sua rede elétrica diretamente na sua caixa de disjuntores:

Tenha um bom seguro residencial

Você pode tomar várias medidas para evitar danos elétricos a computadores, e outros equipamentos eletrônicos mas às vezes, seus melhores esforços simplesmente não são suficientes. Apesar das precauções, o equipamento ainda pode acabar sendo perdido por danos elétricos resultantes de surtos, raios, quedas de energia e outros distúrbios. Por isso, é importante ter um seguro residencial com cobertura para equipamentos eletrônicos. Reveja as políticas de seguro, e garanta que seus dispositivos eletrônicos, nas configurações corretas, estão bem segurados. Tire fotos, cópias das notas fiscais, enfim, tenha o máximo de documentos possíveis para reaver o dinheiro tanto pelo seguro ou pela indenização da concessionária de energia elétrica da sua região.

Ficou alguma dúvida sobre proteção contra surtos e quedas de energia? Deixe nos comentários suas perguntas, que nós iremos ajudar a manter uma segurança ainda maior dos seus dispositivos eletrônicos.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)