Antes de comprar um kit de ferramentas para eletricista profissional, sua primeira compra deve ser uma caixa de ferramentas ou bolsa de ferramentas que possa separar, organizar e conservar bem suas ferramentas de qualidade. Em conjunto com a caixa ou bolsa, é importante ter um cinto de ferramentas para eletricista, de forma a ter acesso rápido e prático à algumas ferramentas que você precisa, agilizando os serviços a serem realizadas. Assim que escolhida uma boa bolsa ou caixa de ferramentas e um bom cinto, é necessário compreender as tarefas de um eletricista profissional.

O que um eletricista tem que ser capaz de fazer?

Um profissional eletricista tem que ter em mãos uma caixa de ferramentas para eletricista que possibilite o trabalho e diagnóstico de vários tipos. Dentre eles:

Instalar, testar, montar ou manter equipamentos elétricos, fios, aparelhos e acessórios que utilizam ferramentas elétricas e manuais.

Diagnosticar avaria de máquinas, sistemas e componentes, encontrar a causa e corrigi-la com ferramentas manuais e equipamentos de teste.

Ser capaz de consertar fios de disjuntores ou transformadores.

Fazer inspeções de equipamentos, componentes e outros sistemas elétricos para encontrar os perigos e defeitos em conformidade com todos as normas de padronização ABNT. Orientar a gestão sobre a segurança dos equipamentos.

Ser capaz de planejar o layout, bem como a instalação de toda a fiação elétrica, utensílios e equipamentos com base nas especificações de trabalho e normas de padronização. Treinar ou orientar trabalhadores diretos para manter, instalar ou fazer reparos em equipamentos, fiação e luminárias.

Seguir projetos ou preparar esboços que determinam onde a fiação e equipamentos estão localizados para garantir que as normas de segurança e de construção estão sendo observadas.

Ser capaz de usar as ferramentas em seu kit de ferramentas de eletricista, tais como dispositivos de medição, equipamentos de construção, de energia e equipamentos de teste.

Instalar fio terra e conectar os cabos de alimentação do motor.

Tem conhecimentos de funções de gestão de negócios para a elaboração de relatórios, manutenção de registros e fornecimento de equipamentos.

Saber como reparar a fiação, equipamentos e utensílios com ferramentas elétricas e manuais.

Trabalhar a partir de andaimes, telhados e escadas para reparar, instalar ou manter equipamentos elétricos.

Colocar canos ou tubos dentro de divisórias ou paredes, instalando fios ou cabos em circuitos completos entre caixas.

Fabricar ou construir peças para especificações usando ferramentas manuais.

Anexar pequenas caixas de plástico ou de metal para tomadas ou interruptores.

Ser capaz de fazer trabalhos fisicamente exigentes, tais como escavação de valas para colocar os fios, bem como levantar e mover objetos pesados. Segurança no trabalho é fundamental e até mesmo uma simples escada de segurança precisa de sua atenção.

Prestar assistência em situações de emergência por saber como operar geradores e holofotes.

Manter uma licença ou cartão de identificação que respeite as regras para a classe dos eletricistas, inclusive com registro do CREA.

Treinar para ser um eletricista de qualidade

Segurança, combinada com muito estudo e treinamento: é assim que você fará um bom uso de um kit de eletricista de qualidade. (Foto: electricianqualifications.info)

Por que saber tudo isso?

Especializando-se em tantas áreas diferentes, você terá mais opções para percorrer os diferentes campos e pavimentar o caminho de uma carreira promissora. Sabendo tudo que você pode ser exigido a fazer, as ferramentas que seu kit de eletricista precisa terão uma forma e função mais completa. Por exemplo, um kit de ferramentas para eletrônica pode ser parte de um kit de ferramentas de eletricista, já que muitos sistemas hoje tem cada vez mais componentes eletrônicos. É uma importante consideração a fazer para colocar no seu kit.

Escolhendo um kit de ferramentas para eletricista

Você não pode, por exemplo, sair comprando o melhor kit de ferramentas para eletricista Gedore e achar que fez o certo. Talvez você não precise, sequer chegue a usar, boa parte dessas ferramentas. Você não precisa necessariamente comprar as ferramentas manuais mais caras, nem as mais baratas. Porém, reforçamos: compre uma boa bolsa ou caixa de ferramentas, com várias divisórias, e um cinto com vários bolsos, que ajudam bastante a organizar o trabalho.

É importante também que o eletricista não se prenda apenas a um kit de ferramentas eletricista NR10, ou seja, de acordo com a Norma Regulamentadora 10. Esta só lista poucas ferramentas, e você vai precisar muito mais do que essa Norma define. A lista básica de ferramentas da NR10 inclui:

  • Chave de fenda
  • Chave Philips
  • Alicate de corte lateral
  • Alicate de ponta fina ou “bico de pato”
  • Alicate de eletricista
  • Descascador de fios
  • Lâmina ou canivete
  • Lima
  • Cinzel
  • Martelo
  • Furadeira (preferencialmente sem fio)
  • Serra de arco
  • Arame ou fita de passagem
  • Teste de tensão
  • Lâmpada de prova
  • Teste de continuidade
  • Multímetro
  • Lanterna ou farolete
  • Fita isolante
  • Busca-pólo

Todas as ferramentas acima listadas devem ter um cabo ou protetor de borracha, fazendo o isolamento elétrico e protegendo o profissional de choques e descargas elétricas. Para a segurança do eletricista, ele tem de comprar os seguintes equipamentos de proteção individual (EPI)

  • Capacete com forro de borracha
  • Capa Protetora com revestimento em borracha
  • Luvas revestidas de borracha do tipo grossa
  • Sapatões com solado de borracha
  • Calçados de segurança para eletricista, sem a presença de componentes metálicos
  • Cintos de Segurança tipo paraquedista (para atividades desenvolvidas em alturas superiores a 2 metros)
  • Viseira protetora de fagulhas
  • Escadas de madeira com travas do tipo antiderrapante em borracha
  • Estacas-guia em madeira e alumínio com cabos de borracha

Tais equipamentos de proteção individual devem ser garantidos pelo empregador do eletricista ou, no caso de profissionais autônomos, comprados por eles mesmos.

As ferramentas extras que recomendamos aos eletricistas são:

  • Alicate de crimpagem
  • Alicate do tipo Vise-Grip, dando um suporte extra, especialmente quando se trabalha sozinho
  • Kit de chaves Allen
  • Tesoura de eletricista
  • Fita Métrica
  • Martelo de eletricista
  • Chave ajustável
  • Nível magnetizado
  • Esquadro para fazer linhas de corte precisas para uma borda reta
  • Alicate cortador de chapa, usado para cortar borda em linha reta em chapa metálica
  • Kit de chaves combinadas
  • Kit de chaves canhão
  • Chave de fenda variável
  • Kit de soquetes e chave catraca

Em um kit de ferramentas para eletricista automotivo, recomendamos que o multímetro seja automotivo e que o diâmetro dos soquetes e chaves combinadas sejam mais diversificados até, pelo menos, 32 mm. Sugerimos também a adição de um kit auxiliar de partida e, no caso de você ter mais recursos financeiros, um scanner portátil para veículos.

Em um kit de ferramentas para informatica, acrescente uma solda elétrica, um sugador de solda, pinça, uma pulseira anti-estática, um tapete magnético, extrator de chip, aplicador de chips, pinça retrátil, raspador e um cartão de plástico, para espalhar pasta térmica.

Qual kit pronto comprar?

O kit ferramentas eletricista Tramontina é bem completo, mas a marca não tem ferramentas muito duráveis. A Gedore tem um kit completo e muito bom, porém pode ter preços bem caros. A internet pode ajudar bastante a encontrar kits com uma boa relação entre custo e benefício, principalmente em fóruns especializados em elétrica e eletrônica.

Nossa recomendação? Comece comprando algumas ferramentas de marcas de qualidade (Gedore, Sata, Robust, Belzer, Irwin, Snap-on, Craftsman) e combine com algumas ferramentas de marcas “intermediárias” (Mayle, Stanley, Tramontina Pro). Fuja de marcas muito baratas e, principalmente, as que tem fabricação chinesa sem controle de qualidade. Estas são facilmente identificadas por logotipos de má qualidade, acabamento mal feito nas embalagens e ferramentas.

Você tem recomendação de kits de ferramentas? Quais você recomenda e quais não recomenda? Por que?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)