Um técnico em informática pode escolher várias especializações. Uma destas especializações é no hardware, ou seja, manutenção e montagem de computadores.

Cursos para técnicos em informática podem já começar com a especialidade desejada ou ser mais generalista. Dentro do curso, o aprendiz poderá optar por escolher disciplinas que encaixam melhor em seu perfil e no que está buscando para sua carreira profissional. No caso do técnico de hardware, as disciplinas que ele busca devem focar na montagem e manutenção de equipamentos de informática.

O técnico em hardware é um dos trabalhos mais braçais do ramo da informática. Ele terá que carregar peso, irá machucar os dedos ao mexer com peças de computação e poderá até tomar alguns choques. Terá que aprender a usar equipamentos de segurança, como luvas anti-estática, máscaras de proteção (descartáveis ou não) para  evitar alergia por causa de poeira.

Técnico em hardware

Dos profissionais que trabalham com computadores, o técnico de hardware é aquele que mais terá de lidar com a parte manual do trabalho. (Foto: tecnologia.culturamix.com)

Após montar um equipamento, o técnico terá também de testar as funções básicas do mesmo, para averiguar se houve algum problema durante a montagem ou durante a manutenção. Muitos são os técnicos que deixam de lado essa parte e acabam tendo de refazer toda a montagem. Isso ocorre porque primeiro, eles deixam de ler manuais e acompanhar todas as instruções ali escritas e deixa de usar equipamentos, como um voltímetro, para analisar se um circuito está funcionando perfeitamente.

A parte mais difícil e crucial da manutenção é o diagnóstico. Um diagnóstico errado pode custar uma fortuna para uma empresa. Por isso, é bom que ele invista boa parte de seu trabalho na busca das causas dos problemas, pois a solução é geralmente simples e fácil de encontrar.

Para se tornar um técnico de hardware, você precisa ter cursos e certificações na área ou mesmo, estudar por conta própria. Porém, os certificados são exigidos por muitas empresas para contratação. O SENAC e o SENAI são as entidades que oferecem os melhores cursos. Porém, existem IFET e centros públicos de ensino no Brasil que tem um maior reconhecimento no mercado de trabalho.

Pesquise, estude, mantenha-se sempre atualizado. Além de seu curso, um técnico de hardware precisará de fazer cursos constantes de atualização para novas tecnologias e novos equipamentos. Isso demanda tempo e muita força de vontade. O caminho mais natural para um técnico de hardware no ensino superior é a engenharia da computação. Compreendendo isso, você já pode ter uma ideia do que quer e para onde você irá levar sua carreira

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)